Publicações

Publicações da TYKHE

Lacan, que leu em Freud, que leu em Schreber. Introdução à leitura do Seminário ‘As psicoses’, de Lacan.

Em 18 de maio de 2020, fui convidado pela “Pulso: clínica social de psicanálise”, para fazer uma apresentação acerca do Seminário 3 as psicoses, de Lacan. O texto que venho apresentar ao leitor é fruto daquele encontro, “Introdução à leitura do Seminário 3: Lacan, que leu em Freud, que leu em Schreber”. Agradeço à Pulso pelo convite e pela noite memorável. Luís Américo Valadão

A propósito da Apresentação de pacientes realizada por J. Lacan em 27 de fevereiro de 1976.

Trata-se de um doente, internado por tentativa de suicídio. Faz uso de drogas para esquecer que é homem.

A diferença sexual: a criança, o analista e a Psicanálise.

A convocação para a escrita desse artigo e a sua apresentação na primeira Seção Clínica de 2018 na Tykhe Associação de Psicanálise, surgiu da urgência em assinalar uma posição de analista e, ao mesmo tempo, lançar nesse espaço de estudo uma oportunidade de reflexão sobre as questões relacionadas a sexo e sexualidade presentes na Clínica com Crianças. Questões essas que se apresentam sempre que se faz necessário falar sobre a diferença sexual enquanto diferença anatômica e suas consequências.