Týkhe­ Associação de Psicanálise 

22/01/2019

Please reload

Posts Recentes

Grupo de estudos: Espaço Lapso em Jundiaí/SP

03/01/2017

Estudos em Psicanálise e Linguagem

 

 

   Para a leitura e o estudo dos textos Freudianos ou dos Seminários de Lacan seguimos uma proposta de Slavoj Zizek (Como ler Lacan 2010) que  podemos estender para a questão: Como ler psicanálise?

 

O autor apresenta em seu livro três recortes importantes para quem quer se dedicar ao estudo e a formação em psicanálise:

 

- LACAN – foi um leitor voraz. A psicanálise é um método de leitura de textos: Orais – a fala dos pacientes ou Escritos.

 

- LER LACAN COMO ELE LÊ – Com outros autores e outros saberes: filosofia, antropologia, arte, literatura, cinema...

 

- LACAN UM CLÍNICO (não um escritor) – tudo o que ele lê é para elucidar um problema clínico preciso. O CLÍNICO ESTÁ EM TODA PARTE.

 

  Tomando esse viés proposto por Zizek a orientação no Espaço LAPSO é ler os textos psicanalíticos com voracidade, não se furtando de estender e desdobrar o estudo e a leitura a outros autores citados por Freud e Lacan, sem se distanciar da experiência, do trabalho e da escuta clínica.

 

O Espaço está aberto a todos os que se interessam pelo estudo, formação e supervisão em psicanálise.

 

No momento temos dois grupos de estudos em funcionamento:

 

Seminário 11 – Os quatro conceitos fundamentais da psicanálise de Jacques Lacan

 

 

 

 

 

Seminário 5 – As formações do Inconsciente

 

Coordenação

O espaço é coordenado por Rita de Cássia Segantini Bonança

 

Psicóloga, psicanalista, mestre em Linguística pela Unicamp. Membro da Týkhe – Associação de Psicanálise. Principais temas trabalhados: linguagem, o poder da palavra, psicanálise com crianças e psicanálise e arte.

 

Trabalho: clínica, supervisão e coordenação de grupos de estudo. Divido a curadoria do evento Psicanálise e Arte que acontece mensalmente no Espaço Cultural Dodecafônico em Jundiaí.

Please reload

Please reload

Procurar por tags
Please reload