Týkhe­ Associação de Psicanálise 

22/01/2019

Please reload

Posts Recentes

Revista Literal nº 9 - A criança e o infantil na clínica psicanalítica.

06/05/2017

A revista Literal foi a publicação anual da Escola de Psicanálise de Campinas. Após a dissolução da Escola a Tykhe fez sua aposta na continuidade dessa transmissão.

As revistas podem ser adquiridas diretamente na secretaria da Tykhe.

Valor: R$20,00.

 

 

Editorial

 

 

 

Dando prosseguimento ao projeto de publicação que, na Escola de Psicanálise de Campinas, vincula-se à formação do psicanalista, lançamos o presente volume da revista Literal com o tema “A criança e o infantil na clínica psicanalítica”. Número especial, não apenas pela importância das questões teóricas que a clínica com crianças levanta, mas especi

 

almente por estar dedicado a Carmem Lucia Rosalba Vila Passos, psicanalista que se dedicou de forma competente e ética ao trabalho com a criança e com a transmissão da psicanálise. O texto que ela nos enviou, pouco antes de nos deixar, testemunha o delicado equilíbrio entre rigor teórico, ousadia do pensamento e sutileza clínica que escreve uma marca que se deixa seriamente inscrever, fazendo série. Que esta homenagem esteja à altura da grandeza de sua presença entre nós.


Os trabalhos temáticos que aqui apresentamos fazem parte de um curso sobre o mesmo tema promovido pela Escola no segundo semestre de 2005: “A teoria sexual infantil e o discurso dos pais”, por Cristina Helena M. M. Guimarães, “Como a palavra é tomada no corpo?”, por Marta Togni Ferreira, “A teoria sexual infantil e a sublimação”, por Mariângela de Andrade Máximo Dias e “O corpo como receptáculo: anotações”, por Nina Virgínia de Araújo Leite. Esse curso retomou questões pertinentes à estruturação do sujeito articuladas aos efeitos da posição materna. 


Com o título de “As Transformações da parentalidade nas novas formas familiares”, estamos inaugurando uma nova seção que acolhe os trabalhos apresentados na Jornada promovida pelo Espaço Psicanalítico de Americana, em Maio de 2006. Essa Jornada, promovida anualmente para elaborar e promover uma interlocução em torno de temas pertinentes à experiência da psicanálise com crianças, conta com a participação de alguns membros da Escola de Psicanálise de Campinas. A integração, a partir de agora, da Jornada de Americana em nosso calendário de atividades ratifica uma aposta de que a transmissão da Psicanálise se dá não-toda na Escola.


Na seção “Para não esquecer os 150 anos de Freud” estão publicados os trabalhos apresentados na comemoração do aniversário de Freud, realizada em Maio de 2006. Os trabalhos trazem a questão de o que e como comemorar, tendo em vista que aquilo que Freud nos transmitiu está para além dele.


A seção “Tradução e sobre Tradução” apresenta o artigo de Franck Chaumon “Loucuras maternas”, traduzido por Cláudia Thereza Guimarães de Lemos e Nina Virgínia de Araújo Leite. O referido artigo foi publicado originalmente na revista Essaim nº 15, e nele o autor parte do princípio de que todo amor apresenta traços de loucura. O autor nomeia ‘loucura materna’ o fracasso necessário da operação que a mãe executou e que fixou o percurso da pulsão em um ponto, imprimindo nele sua marca. Cabe ao analista fazer-se um lugar de endereçamento dessa loucura, para depois poder continuar seu caminho com a criança.


A seção “Sobre Escola” apresenta a aula inaugural das atividades da Escola em 2006, por Cristina Helena M. M. Guimarães, com sua elaboração sobre a escolha do Seminário, livro 17, O avesso da Psicanálise como tema de estudo do presente ano.


Inauguramos ainda neste número a seção “Ex-timidade na Escola” destinada a acolher os trabalhos de membros, realizados em outro lugar, mas que sustentam uma relação com a Escola. No presente volume, estamos publicando a sinopse da tese de doutoramento de Márcio Aparecido Mariguela intitulada Jacques Lacan, o passador de Georges Politzer, apresentada na Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas em novembro de 2005. 


A seção “Notas de Estudo” traz as elaborações de Carlos Martinez e Fernando Cano. O primeiro trabalho foi apresentado na reunião Inter-Cartéis de Agosto de 2006 e é uma reflexão sobre o objeto a como causa de desejo e como mais-de-gozar, resultado de sua leitura de Jacques Lacan no Seminário 17, O avesso da psicanálise. E o segundo foi apresentado na jornada sobre o seminário A angústia, em Novembro de 2005 e é uma elaboração sobre a relação entre o objeto a enquanto voz e o ato analítico.

 

    Por último, convocamos todos os interessados em sustentar a produção em psicanálise a enviar artigos para compor o número dez da revista Literal, que terá como tema “A angústia”.


Conselho Editorial

 

SUMÁRIO

Temáticos
Infância – a ancoragem e o resto    13
Carmen Lucia Rosalba Vila Passos


A teoria sexual infantil e o discurso dos pais    19
Cristina Helena M. M. Guimarães


Como a palavra é tomada no corpo?    33
Marta Togni Ferreira


A teoria sexual infantil e a sublimação    49
Mariângela de Andrade Máximo Dias


O corpo como receptáculo: anotações    65
Nina Virgínia de Araújo Leite


Segunda jornada de psicanálise com crianças de americana: transformações da parentalidade nas novas formas familiares
 

Abertura    71
Sonia Zoppi


Os filhos da mãe    77
Marta Togni Ferreira


O nascimento do ciborgue: um mito científico    85
Mauro Mendes Dias


Novas formas de parentalidade    91
Cristina Helena M. M. Guimarães


O mal-estar na civilização e a degradação da vida amorosa    101
Mariângela de Andrade Máximo Dias


O lugar da criança e a família na contemporaneidade    115
Miriam Debieux Rosa


Para não esquecer os 150 anos de Freud
 

Sigmund Freud: 150 anos!    131
Mauro Mendes Dias


A caridade de Freud – A claridade de Freud – A cara idade de Freud    137
Nina Virgínia de Araújo Leite


Sigmund Freud nos tempos do Prozac    143
Vitor Meira Monteiro


Passe de Freud    149
Maria Teresa Guimarães de Lemos


Comemorar Freud: uma vida para o nosso tempo    155
Marta Togni Ferreira


Tradução e Sobre Tradução
 

Loucuras maternas    163
Franck Chaumon

Tradução de Cláudia Thereza Guimarães de Lemos e Nina Virgínia de Araújo Leite
Sobre Escola

 

Aula inaugural do ano de 2006    185
Cristina Helena M. M. Guimarães


Ex-timidade na Escola Jacques Lacan, o passador de Georges Politzer Sinopse da Tese de Doutorado apresentada por    199
Márcio Aparecido Mariguela


Notas de Estudo
 

Costura de quedas    225
Carlos Serafim Martinez


O canto lírico e a prática psicanalítica    231
Fernando de Oliveira Cano


Normas para publicação    237
 

Please reload

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo